sábado, 17 de junho de 2017

AS CONFISSÕES DE AGOSTINHO

 
CAPÍTULO XI
 
Desculpas dos maniqueus
 
Além de tudo, eu já não estava convencido que se pudessem defender os pontos que os
maniqueus criticavam em tuas Escrituras. Todavia, desejava por vezes discutir com sinceridade
cada um desses pontos com algum varão, grande conhecedor de seus livros, para lhe indagar a
opinião. Quando ainda em Cartago, já me despertara o interesse o discurso de um tal Elpídio, que
falava e discutia publicamente contra os maniqueus, alegando citações da Sagrada Escritura que
não me era fácil refutar.
Por sua vez, as respostas dos maniqueus me pareciam fracas; e mesmo assim não as
expunham em público, mas somente entre nós, e muito em segredo, alegando que as Escrituras
do Novo Testamento haviam sido falsificadas por não sei quem, com o intuito de mesclar a lei dos
judeus com a fé cristã; por isso eles próprios não podiam mostrar nenhum exemplar sem ser
apócrifo. Mas o que principalmente me mantinha cativo, e como que sufocado, eram as tais
"substâncias", que pareciam oprimir-me, e debaixo de cujo peso, arquejante, me era impossível
respirar a atmosfera pura e simples de tua verdade.
Con la gracia de Dios  - M. Peres S. 

Livre de vírus. www.avast.com.

Nenhum comentário: